O gordo e o magro

O gordo e o magro

 

Um sujeito gordo e outro magro conversavam:

 

Diz o gordo:

 

– Como é que você consegue se manter assim, magrinho?

 

– É que eu sou solteiro. Quando chego em casa vou para a geladeira e como nunca tem nada que presta, vou para cama.

 

– E você, por que é tão gordo?

 

– É que eu sou casado. Quando chego em casa vou para a cama e como não tem nada que presta, vou para a geladeira.

 

Banho e barba

 

De manhã cedinho, o marido senta-se à mesa para tomar o café:

 

— Ah! Nada como levantar, tomar um banho e fazer a barba! Me sinto dez anos mais jovem!

 

E a mulher:

 

— É mesmo, querido? Então por que você não experimenta tomar banho e fazer a barba antes de ir se deitar?

 

Sintomas do viciado em computador

 

Não acorda, dá boot.

 

Não tem memória, tem HD de 120 GB.

 

Não rouba, executa operação ilegal.

 

Não esquece, deleta.

 

Não evolui, faz upgrade.

 

Não desmarca compromissos, remove programas.

 

Só usa tabelinha do Excel.

 

Só mostra documento do Word.

 

No restaurante, pede o menu iniciar.

 

Não exagera, maximiza.

 

Quando está com gripe, toma antivírus.

 

Não tem motorista, tem driver.

 

Profissão

 

No primeiro dia de aula, a professora pergunta aos alunos:

 

– Joãozinho, qual é a profissão da sua mãe?

 

– Empregada de escritório, professora.

 

– E sua mãe, Chiquinho, o que ela faz?

 

– A minha mãe? A minha mãe é substituta.

 

– Desculpa, não entendi, Chiquinho!

 

– Substituta! – repete Chiquinho.

 

– Essa profissão não existe, Chiquinho. Por favor, explica o que sua mãe faz!

 

– Bem, ela fica numa esquina, aí vêm uns senhores que lhe dão dinheiro, ela entra com eles para um quarto do Hotel e, passados uns quinze minutos, os senhores saem apertando o cinto da calça…

 

– Mas Chiquinho, diz a professora espantada, a sua mãe não é “substituta”, é “prostituta”!

 

– Não, não! Prostituta é a minha tia que está doente. A minha mãe está cuidando do ponto dela…

 

O índio

 

Numa estrada no meio do nada, vinha um senhor com seu carrinho viajando… Num certo ponto avistou um homem deitado na pista. Parou o carro e foi lá ver o que era. Chegando lá viu um índio deitado no chão com o ouvido encostado no asfalto.. Aí o homem perguntou:

 

– Ei, seu índio, o que aconteceu?

 

E o índio responde:

 

– Mercedes prata, placa CCC 4141, de São Paulo, a mais de 150 km/h!

 

E o senhor espantado exclama:

 

– Caramba índio ! Você sabe tudo isso só de encostar o ouvido no chão?

 

E o índio responde:

 

– Não homem branco burro! Mercedes atropelou índio!

 

A lógica

 

Um cientista foi convidado a fazer uma palestra no AAA (Asssociação dos Alcóolicos Anônimos) para demonstrar os malefícios do álcool no organismo humano.

 

Lá pelas tantas, no momento culminante da palestra, o Cientista pede dois copos – um cheio de água e outro cheio de álcool – e os coloca a sua frente , sobre a mesa. Toma de um vermezinho vivo e o joga no copo cheio com agua. O vermezinho nada, nada e escapole pela borda do copo. Volta a apanhar o vermezinho e volta a joga-lo no copo, desta vez no copo com álcool. O vermezinho se contorce todo, não consegue nadar e morre.

 

O cientista, satisfeito com o exito da demonstração, brada aos seus ouvintes: – Então, meus amigos, a que conclusão podemos chegar ? Lá do fundo do auditório levanta-se um voz rouca e tropega: – Que quem bebe não tem vermes.

 

Velhinho chorando

 

Um velhinho estava chorando copiosa­mente sentado num banco de uma praça, quando passou uma moça que condoída da situação parou para saber o que ocorria.

 

O que foi que aconteceu , meu senhor? Ao que ele respondeu, sabe o que é minha fia, eu me casei faz um mês com uma moça de 20 anos, riquíssima, belíssima, ela faz sexo comigo todos os dias, moramos em um duplex maravilhoso, temos 4 empregadas, tenho tudo o que desejo, acontece que sai pela manhã para uma caminhada aqui pelo bairro e já são 4 horas da tarde e eu não consigo me lembrar onde eu moro!!

 

Bêbado Galileu

 

Um bêbado vagava pela rua, quando um guarda o advertiu:

 

– Meu senhor! Vá para casa!! Uma hora dessas da madrugada e você aqui vagando pela rua!!

 

– Seu guarda – o bêbado retrucou – você sabia que o mundo gira?

 

– Sim, eu sei, mas o que isso tem haver?

 

– Seu guarda, se o mundo gira, então uma hora minha casa vai ter que passar por aqui!!

 

Bebados e o trem

 

Um bêbado vagava pela rua, quando um guarda o adverteu:

 

– Meu senhor! Vá para casa!! Uma hora dessas da madrugada e você aqui vagando pela rua!!

 

– Seu guarda – o bêbado retrucou – você sabia que o mundo gira?

 

– Sim, eu sei, mas o que isso tem haver?

 

– Seu guarda, se o mundo gira, então uma hora minha casa vai ter que passar por aqui!!

 

Batida Forte

 

Certa noite um bêbado andando na rua vê uma multidão cercando um homem que estava estirado no chão, então resolve perguntar:

 

– O que aconteceu meu amigo??

 

E o homem responde:

 

– foi batida

 

E o bebado:

 

– ta vendo por isso que só tomo pura.

 

Barman nervosinho

 

O sujeito entra no bar, vai até o balcão, pede uma dose de uísque e fala bem alto para todo mundo ouvir:

 

– Hoje é por minha conta. Todo mundo bebe por minha conta.

 

Vira-se para o barman e fala:

 

– Você também. É por minha conta.

 

Todos bebem bastante, até mesmo o barman depois de relutar um pouco. Lá pelas tantas, o sujeito diz “Boa noite” e vai saindo sem pagar a conta. O barman se irrita, pula o balcão, dá o maior pau no sujeito e o põe para fora do bar.

 

No dia seguinte, entra o mesmo sujeito, vai até o balcão, pede uma dose de uísque e diz:

 

– Hoje é por minha conta. Todos bebem por minha conta.

 

Vira-se para o barman e fala:

 

– Você, não. Você fica muito agressivo quando bebe.