Levo ou deixo?

Levo ou deixo?

 

Diz a lenda que Rui Barbosa, ao chegar em casa, ouviu um barulho estranho vindo do seu quintal. Chegando lá, constatou haver um ladrão tentando levar seus patos de criação.

 

Aproximou-se vagarosamente do indivíduo e, surpreendendo- o, quando este tentava pular o muro com os patos, disse-lhe:

 

– Oh, bucéfalo anácrono! Não o interpelo pelo valor intrínseco dos bípedes palmípedes, mas, sim, pelo ato vil e sorrateiro de profanares o recôndito da minha habitação, levando meus ovíparos à sorrelfa e à socapa. Se fazes isso por necessidade, transijo; mas se é para zombares da minha elevada prosopopéia de cidadão digno e honrado, dar-te-ei, com minha bengala fosfórica, bem no alto da tua sinagoga, e o farei com tal ímpeto que te reduzirei à quinquagésima potência que o vulgo denomina nada.

 

E o ladrão, confuso, diz:

 

– Dotô, resumino, eu levo ou deixo os pato?

 

O líder responde:

 

– Mas tu és uma besta, mesmo! Nós estamos aqui, com essa tremenda oportunidade nas mãos. Já comemos 03 diretores, 02 superintendentes, 05 assessores, 02 coordenadores, e uns 03 gerentes, durante essas quatro semanas sem ninguém perceber nada. E poderíamos continuar ainda por um bom tempo.

 

Mas nãaaaooooo… Você tinha de estragar tudo e comer uma pessoa que faz falta.

 

O inocente

 

A mulher grávida acorda o marido e diz:

 

– Amor… amo-or.

 

– Hummmmm…

 

– Acordaaa…

 

– Hummmm?!?

 

– Acoorda!!!

 

Desorientado e assustado, o sujeito se levanta e pergunta:

 

– O que aconteceu?!?

 

– Estou com um desejo…

 

– Desejo???

 

– É… De comer carne de urubu…

 

– Urubu??? Mas onde vou achar um bicho desses, agora?

 

– Vai no lixão… Lá tem um monte!

 

– Tá louca!!! Eu não vou para lixão algum! Se quiser, pinte um frango de preto, mate e coma!

 

P. da vida, ela fala:

 

– Nunca se arrependa se nosso filho nascer com carinha de urubu!

 

Nove meses se passam e chega o dia do parto. A criança nasce e, quando o cara vai olhar seu filho querido, vê que seu herdeiro é pretinho, pretinho. O `inocente`, cheio de remorso, corre para a casa de sua mãe e diz:

 

– Mamãe, eu não quis dar carne de urubu para minha esposa quando ela estava grávida e sentiu desejo. Agora meu filho nasceu preto como o bicho!!!

 

A mãe, bem humorada, consola o filho que está em prantos:

 

– Esquenta não, filho… Quando eu estava grávida de você tive desejo de comer carne de boi, não consegui, você nasceu com chifre, e nem percebeu!

 

A notícia

 

Numa manhã de domingo, LULA passeava de carro pelas redondezas de sua fazenda. De repente… Tummm!

 

O carro atropela um cachorro. O LULA pede ao seu motorista:

 

– Antônio, por favor, vá ate a casa da fazenda e diga ao dono do cachorro que nós atropelamos ele!

 

O cara vai, depois de algumas horas, ele volta todo amarrotado e com um litro de vinho na mão. LULA se irrita e berra:

 

– O que aconteceu?

 

E o cara responde com voz de mamado:

 

– Olha… Nem sei… Cheguei lá e o dono me deu comida a vontade. A mulher dele me fez massagem e ainda me deram um monte de bois!

 

O LULA estranha e diz:

 

– Mas o que disse a eles?

 

O cara:

 

– Eu cheguei lá e disse:

 

– Oi sou o motorista do LULA e matei o cachorro!!!

 

Erro grave

 

Em Nairóbi, Quênia, depois de um criterioso processo de recrutamento com entrevistas, testes e dinâmicas de grupo, uma grande empresa contratou um grupo de canibais para fazerem parte de sua equipe.

 

– Agora vocês fazem parte de uma grande equipe.

 

Disse o Diretor de RH, durante a cerimônia de boas vindas.

 

– Vocês vão desfrutar de todos os benefícios da empresa.

 

Por exemplo, podem ir à lanchonete da empresa quando quiserem para comer alguma coisa. Só peço que não comam os outros empregados, por favor!

 

Quatro semanas mais tarde, o chefe os chamou:

 

– Vocês estão trabalhando duro e eu estou satisfeito. Mas a mulher que serve o cafezinho desapareceu. Algum de vocês sabe o que pode ter acontecido?

 

Todos os canibais negaram com a cabeça.

 

Depois que o chefe foi embora, o líder canibal pergunta a eles:

 

– Quem foi o idiota que comeu a mulher que servia o cafezinho?

 

Um deles, timidamente, ergue a mão.

 

O padre

 

Uma senhora está voltando de viagem dos Estados Unidos e ao seu lado está sentado um padre.

 

Durante a viagem, ela vira-se para o padre e faz-lhe um pedido:

 

– Sr. Padre, eu comprei este aparelho, um depilador elétrico americano, e estou com medo que, ao passarmos na alfândega, ele fique retido. O senhor se importaria de escondê-lo debaixo da suabatina, só para o caso de passarmos por uma revista?

 

O acidente

 

– Mãe, você mentiu pra mim.

 

– O quêêê!?

 

– Você mentiu pra mim. Você disse que meu irmãozinho era um anjinho.

 

– E é, meu filho. Ele é um anjinho que Nosso Senhor trouxe pra gente.

 

– É não! Eu joguei meu irmãozinho pela janela e ele nem voou…

 

O Acidente de Ônibus

 

Numa noite escura, voltando de uma carreata pelo interior, um dos ônibus, lotado de políticos sai da pista, capota duas vezes e cai numa fazenda.

 

O fazendeiro acorda assustado e vai ver o que oconteceu.

 

Ao se deparar com aquela terrível visão, rapidamente começa a cavar um buraco, onde enterra os corpos.

 

Alguns dias depois, um investigador bate a sua porta e faz várias perguntas sobre o acidente.

 

– E onde estão os políticos?

 

– Eu enterrei eles naquela cova ali!

 

– Mas estavam todos mortos? – espanta-se o policial.

 

– Bem… alguns diziam que não… mas o senhor sabe como os políticos são mentirosos!