A morte do administrador

A morte do administrador

 

Um administrador morreu e foi para o céu. São Pedro analisou sua ficha e disse:

 

– Você esta no lugar errado! Aqui você não pode ficar!

 

O administrador desceu então para o inferno, onde foi admitido. Mal chegou e o administrador já ficou insatisfeito com o ambiente, nível de satisfação dos diabinhos, clima organizacional do inferno. Logo começou a fazer projetos, planejar mudanças e diversas obras de benfeitorias. Pouco tempo depois, o inferno já dispunha de ar condicionado, melhor iluminação, banheiros reformados, benefícios…

 

Por causa disso, o administrador tornou-se muito popular no inferno, entre os diabinhos, com alto índice de motivação. Um dia, Deus chamou o Diabo ao telefone e provocou:

 

– E então, como estão as coisas ai embaixo, no inferno?

 

O Diabo respondeu:

 

– Uma maravilha! Tudo, muito bem! Nós agora temos ar condicionado, banheiros reformados, escadas rolantes, iluminação, o trabalho rende mais e isso sem falar o que este administrador está planejando para breve.

 

Do outro lado da linha, surpreso, Deus respondeu:

 

– O quê?! Vocês têm um administrador ai? Isso é um engano! Ele nunca deveria ter descido para o inferno. Mande-o subir imediatamente!

 

O Diabo respondeu:

 

– De jeito nenhum! Eu gostei muito de ter um administrador na equipe e continuarei mantendo-o aqui.

 

Deus, irritado disse:

 

– Mande-o voltar para cá ou eu tomarei as medidas legais!!

 

O Diabo soltou uma gargalhada, e respondeu:

 

– Tudo bem!! E onde você vai conseguir um advogado?

 

O Cristo Político

 

Um cabo eleitoral, muito safado, faz um discurso apresentando seu candidato, mais safado ainda:

 

— Olhem para este homem! Ele não tem os olhos de Cristo? Não tem as mãos de Cristo? Não tem os cabelos de Cristo?

 

Foi aí que um bêbado gritou:

 

— Então crucifica, esse Filho da Mãe!

 

A Mulher e a Caixa de Correio

 

Numa manhã de domingo, o homem lavava o seu carro, tranqüilamente, quando sua vizinha loira (e muito boa, diga-se de passagem) vai até a caixa de correio, abre e volta pra dentro de casa, furiosa.

 

Depois de uns dois minutos a loira volta, com o andar impaciente, abre novamente a caixa e sai xingando.

 

O cara acha muito estranho e ela volta mais uma, duas, três vezes.

 

Até que ela vem de novo e o cara não resiste:

 

— Oi, vizinha. Alguma coisa errada?

 

— Tudo errado! — grita ela, furiosa — Tudo errado! Aquele meu computador estúpido não pára de dizer que tem correspondência pra mim!

 

Como é a Oração do Internauta

 

Satélite nosso que estais no céu, acelerado seja o vosso link, venha a nós o vosso host, seja feita vossa conexão, assim em casa como no trabalho.

 

O download nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai nosso tempo perdido no Chat, assim como nós perdoamos os banners de nossos provedores.

 

Não deixeis cair a conexão e livrai-nos do virus.

 

Amém!

 

Ouvindo Vozes

 

O psiquiatra pergunta ao paciente:

 

— Você costuma ouvir vozes sem saber quem está falando ou de onde elas vêm?

 

— Sim, doutor…

 

— E quando isso acontece?

 

— Ué, quando eu falo no telefone!

 

Caipira no clero

 

O caipira vira-se para o compadre e pergunta:

 

– Ô cumpadre, é verdade que bispo é muito mais importante que padre?

 

– É, sim!

 

– Entonces a partir de agora eu vô chamá ocê de cumbispo!

 

Tá certo!

 

Depois de muito relutar e um tanto quanto a contra-gosto, o sujeito contrata o caipira para tomar conta do seu escritório. No primeiro dia de trabalho do caipira, ele passa a manhã toda fora e quando volta vai logo perguntando:

 

– Alguém esteve aqui?

 

E o caipira:

 

– Esteve sim, senhor!

 

– Quem?

 

– Eu.

 

E o sujeito, irritado:

 

– Não foi isso que eu perguntei. Eu queria saber se alguém entrou aqui neste escritório depois que eu saí.

 

– Entrou sim, senhor!

 

– Quem?

 

– O senhor!

 

No banco

 

O caipira chega ao banco e procura o gerente:

 

– Posso falar com o senhor?

 

– Claro, pois não! Pode sentar!

 

– Se o senhor não se incomoda, eu gostaria de que a gente conversasse ali no fundo.

 

– Oras, mas por quê?

 

– É que eu estou precisando de um empréstimo e me disseram que apesar de trambiqueiro, no fundo o senhor é um bom sujeito…

 

Na mosca!

 

O caipira leva a sua vaca para cruzar com o touro da vizinha. Depois de ajudá-los no que podiam, os dois ficam ali, pendurados na cerca, olhando os animais transarem. Aí o caipira muito do malandro, olha com malícia para a vizinha e comenta:

 

– Cumadre, eu tô doidinho pra fazer aquilo que o seu touro tá fazendo na minha vaca!

 

E ela:

 

– Entonces vai lá, cumpadre! A vaca não é sua?

 

Dois caipiras se encontram

 

– Você soube que o Belarmino morreu? – pergunta o primeiro.

 

– Não! Morreu de quê?

 

– Catarata!

 

– Catarata? Mas que eu saiba catarata não mata!

 

– É… mas empurraram ele!

 

Cuspidor

 

O caipira ia sentado num ônibus em frente a um rapaz todo engomadinho. De repente o engomadinho, dá uma tossida, enche a boca de saliva, dá uma cuspida que passa rente ao rosto do caipira e sai pela janela. O caipira olha feio, se ajeita no banco, mas permanece em silêncio. Dois minutos depois, outra cusparada passa zunindo pela sua orelha. Ao ser encarado novamente o engomadinho se defende:

 

– Muito prazer! Eu sou Honorino Rodrigues, cuspidor profissional.

 

O caipira fica quieto, enche a boca e vapt!, uma cuspida bem na cara do engomadinho.

 

– Muito prazer! Eu sou Zé da Silva, cuspidor amador!

 

Garotas Precoces

 

A menina de cinco anos diz para a amiguinha:

 

— Eu aprendi como fazer bebês!

 

E a amiguinha responde:

 

— Grande coisa! Já aprendi até a evitar!